Lançamentos Editora Seoman



127 horas

Um relato emocionante de superação e de luta pela sobrevivência

A história real de Aron Ralston que deu origem ao filme 127 horas

127 horas, lançamento de março da Editora Seoman, é uma extraordinária história de sobrevivência - doloroso relato de Aron Ralston, que passou seis dias presos em um dos lugares mais remotos dos Estados Unidos, e como um ato repleto de coragem o trouxe de volta para casa.
Tudo começou com uma caminhada pelo Parque Nacional de Canyonlands, em Utah, na tarde de um sábado quente.
Para Aron um experiente alpinista de vinte e sete anos um passeio pelo remoto cânion Blue John era uma oportunidade de dar um tempo das escaladas invernais nos difíceis e altos picos do Colorado. Apesar de ter conhecido duas charmosas garotas ao longo do caminho, no começo da tarde já estava sozinho, apenas com a beleza natural do lugar ao redor. Às 14h41, ele estava a treze quilômetros de onde havia estacionado, em uma fenda profunda e estreita do cânion, quando desalojou uma rocha de quase meia tonelada que caiu sobre a sua mão direita e o pulso. E, a partir daí, começaram os seis dias mais infernais da vida de Aron. Com pouca água e comida, sem uma jaqueta para enfrentar as noites geladas, ele lembrou que não havia avisado ninguém para onde estava indo, e essa demora em se soltar poderia ser fatal, já que poderia morrer desidratado ou afogado em uma inundação - ele estava a 30 metros abaixo do nível do solo.
Usando sua câmera de vídeo, Aron começou a gravar mensagens de despedida para sua família e amigos, agradecendo a vida cheia de aventuras, esperando que alguém achasse essa gravação com seus últimos dias de vida. Mas na manhã de quinta-feira ele teve uma inspiração divina que poderia resolver o "enigma" da rocha, um extremo e desesperado ato de bravura que salvaria a sua vida. 127 horas é um inspirado relato escrito de forma brilhante, engraçada e honesta, de como a morte encontra a vida. Uma história que estará para sempre entre os livros clássicos de aventura.

Sobre o autor:

Aron Ralston nasceu no dia 27 de outubro de 1975 em Indiana, nos Estados Unidos, na região Meio-Oeste.
Desistiu de uma carreira brilhante como engenheiro mecânico, com vinte e seis anos de idade, e mudou-se para Aspen, no Colorado, para realizar um feito inédito: escalar os cinquenta e nove picos do Colorado com mais de 14.000 pés (4.300 metros) sozinho, no inverno.




Depois do Escorpião

A história de Samantha Moraes, a mulher trocada por Bruna Surfistinha

O diretor Bruno Azevedo fecha contrato para filmar a história contada no livro Depois do Escorpião.


Perder o marido para outra mulher é algo muito sofrido. Imagine então se essa mulher fosse a ex-garota de programa mais conhecida do Brasil.

Após seis anos de casamento, foi exatamente isso que aconteceu com Samantha Moraes. Seu marido saiu de casa para viver com Bruna Surfistinha e deixou para trás uma esposa arrasada e duas filhas pequenas.

No livro Depois do Escorpião – Uma história de amor, sexo e traição, da Editora Seoman, Samantha Moraes conta sua história desde o início, quando conheceu seu ex-marido aos sete anos de idade. Fala sobre como descobriu a traição através de um fio loiro de cabelo e como está hoje, quando deu a volta por cima e conseguiu se recuperar da separação.
Seu livro é uma verdadeira lição de vida para inspirar outras mulheres que temem passar ou passaram pela mesma situação. E, é também um desabafo bem-humorado de uma mulher batalhadora, bonita e inteligente.



Trecho do livro:
“Nunca vi alguém mudar tão rápido. A cada dia vinha uma novidade, como se meu João estivesse desaparecendo e, no seu lugar, no mesmo corpo, brotasse uma personalidade espinhosa.
João sempre foi um homem caseiro. Era raro sair para baladas. Preferia jantares, não era de dançar. Trabalhava num escritório de direito e cursava faculdade à noite.
Hoje, escrevendo estas memórias, percebo que esses meses em que ele me cobria de presentes, carinho e sexo, coincidiram com os meses em que ele começou a se encontrar com Bruna Surfistinha.
O carro importado que ganhei de presente, na verdade, não era para mim. Mesmo que eu o usasse durante o dia, João sabia que, quando precisasse, poderia pegá-lo para suas novas necessidades de locomoção rápida.”



Sobre o Filme:
Ainda em fase de pré produção e negociação para a formação do elenco, o longa metragem Depois do Escorpião, será dirigido pelo cineasta Bruno Azevedo, da Mirage Filmes do Brasil, e o ator e produtor Marcio Rosário, será o responsável pela produção executiva do filme e também fará parte do elenco.
O roteiro final está sob a responsabilidade de Adilson Oliveira.

Depois do Escorpião, o filme, é inspirado no livro da Editora Seoman, lançado no mercado em 2006, que conta a história de Samantha Moraes, a mulher que o marido abandonou pela garota de programa Bruna Surfistinha.

O diretor Bruno Azevedo, que pretende rodar a história em Abril deste ano, acrescenta que o filme não é uma continuação do longa O Doce Veneno do Escorpião. "Toda história tem dois lados. Essa é a história de Samantha Moraes, que foi traída pelo marido e que teve sua vida particular exposta na mídia. A mesma mídia que lançou a personagem Bruna Surfistinha. Será um filme revelador e instigante ao mesmo tempo."

Bruno Azevedo acrescenta ainda que, a intenção da obra não é criar um drama familiar, mas sim algo mais próximo de uma "comédia romântica".



Sobre a autora:

Uma mulher decidida e forte. Foi casada durante seis anos e teve duas filhas. Passou por um trauma no casamento, foi abandonada, mas conseguiu dar a volta por cima, e hoje luta pelos seus ideais. Continua acreditando no casamento, nas pessoas, no amor e na fidelidade. “A felicidade tem que existir, e só nos conseguimos conquistá-la. Exige esforço, dedicação, paciência e muita calma. Nada é por acaso, e tudo depende de nós.” (Samantha)
Atualmente mora em São Paulo e é casada.
Saiba mais sobre Samantha Moraes em: http://samanthamoraes.blogspot.com/

Em caso de interesse, a autora está disponível para entrevistas.






3 comentários:

  1. Ana Paula, coincidentemene na semana passada assiti a uma entrevista de Aron Ralston, e o make-over do filme. Eu nunca havia ouvido falar dele, mas gostei muito do programa que assisti, onde ele falava não so da experiência no canyon, mas de outras experiências em sua vida. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  2. Olha, não me agradou muito o "Depois do escorpião", mas o "127 horas" parece um ótimo livro! Vou colocar na wishlist e, na próxima vez que for à livraria, com certeza vou procurá-lo. Esse tema de sobrevivência é sempre muito bom.

    Um abraço,
    http://livrosletrasemetas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Me interessei pelo 127 horas, parece ser boom...

    Beijoos;*

    Naty,
    Livres & More

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário. Ele é muito bem-vindo. E, vai me fazer muito feliz. =)