A Lenda de Um Amor - Sandy Blair


Escócia, Século XV.

Entre presente e passado, um amor de sonho ou de verdade?... 

Uma maldição secular condenou o lorde de Blackstone a vagar como um fantasma entre os muros sombrios de seu castelo. Apenas uma mulher poderá libertá-lo. Seria ela a jovem e graciosa Elizabeth, que acabou de desembarcar na ilha? Elizabeth avistou o belo espectro no momento em que cruzou os limiares do castelo. Duncan MacDougall é uma figura alta e translúcida, com cabelos escuros e penetrantes olhos azuis. Mas uma cortina de névoa o mantém isolado do mundo real... uma névoa densa, fria, sólida como aço. Segundo a lenda, somente um grande amor poderá dissolvê-la... e trazer de volta à vida o homem dos sonhos de Elizabeth! 



Resenha:

Definitivamente a escritora Sandy Blair aposta em escrever a respeito de personagens femininas envolvidas com a magia. Seja viajando pelo tempo, curando através de poderes mágicos ou tendo sonhos premonitórios e o melhor encontrando o escocês perfeito em meio a intrigas políticas e traições.

Fiquei encantada com essa história, tanto que esse livro foi para minha coleção. Nele há tudo que mais gosto, romance, ficção, viagem no tempo, e foi ambientado na Idade Média, que é minha época da história preferida.


Quando Elizabeth (Beth) Puding herda um castelo escocês, ela decide fazer 

mais do mesmo, a limpeza do monumento de pedra antiga, a compra de camas e lençóis, e tentar trazer o sistema elétrico até o castelo para que ela possa transformá-lo em uma espécie de pousada. Como um órfã e um gerente de alimentos, ela aprendeu a cuidar de si mesma e tirar o melhor de uma situação ruim. Até mesmo o fantasma do castelo é mais um desafio do que uma verdadeira surpresa ou dificuldade para Beth. 


Duncan MacDougall está morto há centenas de anos, mas ele ainda permanece vagando dentro de castelo de Blackstone, aguardando a profecia a ser cumprida e a maldição ser quebrada. Ele acha Beth simplesmente fascinante, mas ele foi enganado pelas mulheres antes. Somente quando sua vida está em perigo é que ele, finalmente, decide mandá-la para o passado - seu passado - ao tempo quando ele estava vivo, na época em que a Escócia era um país independente, e água encanada um sonho distante. 
 Seja como um fantasma ou um homem vivo, Duncan faz um herói poderoso e sexy, corajoso e Beth uma mulher comum, corajosa, de natureza empreendedora, o que a torna a companheira ideal para Duncan. Ainda assim, há a pequeno problema de 600 anos que os separa, e um mundo sem canalizações, aquecimento central, ou o parto sem o conforto da medicina moderna. 

2 comentários:

  1. Olá!

    Hoje não leio mais livros desse tipo, mas me recordo muito bem de ter lido este simplesmente porque me matei de rir! É muito engraçado o choque das gerações... Não me impressionei pelo romance - até porque naquela época meus gostos já estavam mudando significativamente - mas acredito que ainda hoje seja um ótimo livro.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. é triste a nossa realidade, pois nossa base educacional, não dá as nossas criança esse incentivo para o mundo maravilhoso da literatura...meu pai foi vendedor de bons livros onde eu nunca fui muito apegado a ler, hoje vejo, que o mundo é mais colorido de várias possibilidade, para quem faz uma boa interpretação de tudo ao seu redor...seja você e o mundo faz o resto, apenas seja feliz.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário. Ele é muito bem-vindo. E, vai me fazer muito feliz. =)