|| Resenha || A Luz Através da Janela - Lucinda Riley

Título: A Luz Através da Janela
Título Original: The Light Behind The Window
Autora: Lucinda Riley
Tradutor: Ivar Panazzollo Júnior
Editora: Novo Conceito
ISBN: 978-85-8163-114-1
Ano de Edição: 2012
Ano Original de Lançamento: 2012
Número de Páginas: 544
Onde Comprar: Saraiva e Submarino

Sinopse:

Emilie de La Martinières nasceu em uma rica e aristocrática família francesa, porém, depois da morte de sua glamourosa e distante mãe, ela se encontra sozinha no mundo e como única herdeira da grande residência em que passou sua infância, no sul da França. Um antigo caderno de poemas conduz Emilie à busca pela misteriosa e bela Sophia,cujo trágico caso de amor alterou o destino de sua família.
Em Londres, 1943, a jovem arquivista Constance Carruthers é recrutada pela SOE, chegando em Paris durante o auge da Segunda Guerra Mundial, quando a cidade estava ocupada pelo inimigo. Em suas primeiras horas na França, ela conhece uma rica família, envolvida em um jogo mortal de mentiras e segredos. Forçada a entregar sua identidade, todos os laços com sua terra natal e seu amado marido, Constance se vê em meio a uma complexa rede com consequências que afetarão as gerações seguintes.

|| Resenha ||
Em 1943, enquanto trabalhava como arquivista do M15, Constance Carruthers é convidada a assumir um papel mais ativo na luta do país na Segunda Guerra Mundial. Após o treinamento intensivo, Connie e os outros agentes foram implantados na França ocupada, onde o seu principal objetivo é sabotar o regime nazista. 
Durante a primavera de 1998, a mãe de Emilie de La Martiniéres morre. Emilie tem sentimentos mistos sobre a morte de sua mãe, elas não tinham um vínculo estreito, devido a indiferença de sua mãe para com ela quando criança, resultando com Emilie se sentindo sozinha e invisível. Como o último membro remanescente da rica e influente família Martinières, Emilie herda a casa ancestral. E, enquanto conhecia os cômodos da casa, ela descobre um quarto que estava bloqueado. Apesar da tristeza claustrofóbica e luz natural mínima, é evidente que o quarto já foi habitado. Com a ajuda de um velho amigo de seu pai, Emilie começa a desvendar os segredos do passado de sua família. Ela descobre o papel que sua mãe desempenhou durante a guerra e descobre quem foi o residente do quarto secreto e também como e porquê essa pessoa permanecia trancada fora de vista das demais pessoas.
Quando li a sinopse de A Luz Através da Janela, a história me pareceu intrigante, mas minha opinião inicial não expressava como verdadeiramente maravilhoso o livro é.  É cheio de suspense, com Connie chega a França para realizar suas tarefas, o mistério, com Emilie se inteirando sobre a missão de Connie e sobre Sophia, a tia, que ela nunca conheceu e que raramente é mencionada por sua família. 
A história é ambientada na década de 1940, contando a heroica história de Connie, e final da década de 1990, quando Emilie desenterra os segredos dos Martinières.
Para começar a princípio, gostei mais da aventura do que da história de Connie e Emilie, mas, com o passar do tempo, encontrei-me apreciando tudo e todos. Percebi que Connie era uma mulher corajosa, colocando-se em perigo para defender suas crenças.
Há muitos personagens e relacionamentos na história.
A Luz Através da Janela é um conto de amor, confiança, traição e perdão, de mistério, suspense e aventura.
Adorei a história!

7 comentários:

  1. Esse livro eu me interessei mais porque já li outro livro da autora que pela história. Mas isso foi quando vi sinopse. Depois de umas resenhas deu pra ver que a história é do tipo que me agrada, sem contar que tem o antigo, adoro livros assim.

    ResponderExcluir
  2. eu me assustei bastante com o tamanho dos livros da lucinda, pois é bem dificil vc manter o ritmo de escrita, tem que ser uma historia com consistencia e isso nos livros dela tem de sobra, virei fã e estou doida pra ler seu mais novo sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Duas coisas me chamaram muito a atenção em relação aos livros da Lucinda: capas lindas e livros imeeensos, grossos. Mas, ao mesmo tempo em que isso é bom, me deixa com um pouco de receio: será que ela vai conseguir manter a história ou fará o famoso "encher linguiça", devido às muitas páginas? Isso me deixa muito apreensiva.

    ResponderExcluir
  4. Eu confesso, que julgo 5% de um livro pelo título e pela capa, eu acho que é algo que descreve um pouco do que há no livro, e eu me apaixonei por esse título e por essa capa. Gostaria muito de ler A Luz Através da Janela. Beijocas.

    ResponderExcluir
  5. 5% não, 50%. Só corrigindo ali. rs

    ResponderExcluir
  6. A capa deixou a desejar mesmo, mas a historia é belissima.

    ResponderExcluir
  7. Eu me apaixonei pela narrativa da Lucinda Riley lendo A casa das orquideas, e espero muito desse novo livro dela, e lendo sua resenha percebi que a historia é tao boa quanto, e ainda tem suspense, aventura e romance, td junto e misturado? É tudo de bom hein! Bjão!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário. Ele é muito bem-vindo. E, vai me fazer muito feliz. =)