[Resenha # 51] Seis Coisas Impossíveis - Fiona Wood - Editora Novo Conceito

Dan Cereill levou um encontrão da vida: seu pai faliu, assumiu que é gay e separou-se de sua mãe, tudo de uma vez só.
Enquanto isso, sua mãe recebeu de herança uma casa tombada pelo patrimônio histórico que cheira a xixi de cachorro, mas que não pode ser reformada...
E, agora, Dan está vivendo em uma casa-relíquia que parece um chiqueiro, com uma mãe supertriste e sem conseguir falar com o pai - que ele ama muito.
Suas únicas distrações são sua vizinha perfeita, Estelle, e uma lista de coisas impossíveis de fazer, como:

1- Beijar a garota
2- Arrumar um emprego
3- Dar uma animada na mãe
4- Tentar não ser um nerd completo
5- Falar com o pai quando ele liga
6- Descobrir como ser bom e não sair abandonando os outros por aí...

Mas impossível mesmo será:

1- Não torcer para que Dan supere seus problemas
2- Não rir muito com os devaneios dele
3- Não querer ter um cachorrinho como Howard
4- Não desejar que a mãe de Dan encontre a felicidade
5- Parar de ler esse livro
6- Não querer abraçar o livro depois de tê-lo terminado...

História emocionante de Fiona Wood que relata os problemas típicos dos adolescentes e uma visão espirituosa sobre a sobrevivência de um em situações inusitadas.
Dan tem quatorze anos e é considerado um nerd. Tem um pai gay e uma mãe deprimida. E está apaixonado pela garota da casa ao lado.
Ele passa por circunstâncias impossíveis e uma vida triste, mas por enquanto está concentrado em apenas seis coisas impossíveis.
Dan é um rapaz interessante e engraçado devido a sua sagacidade e seu jeito de enfrentar as circunstâncias, passa por momentos difíceis, mas com um senso de humor incrível e pensamento positivo.
O tema principal é muito deprimente e mostra um baixo ponto de vista, porém, a questão é superar os obstáculos e sobreviver a vida escolar e pode ser um inferno para alguns adolescentes.
Fiona Wood usou uma linguagem bem jovem cheia de gírias tipicamente usadas pelos jovens.
O que mais me agradou foi a inteligência e humor presentes na história e o jeito de mostrar a visão de um adolescente em situações adultas.
Confesso que não foi o que esperava, mas mostrou um lado humorado para uma vida monótoma.

Um comentário:

  1. Quando o livro foi lançado estava bem animada com ele, mas depois que vi resenhas dele, essa minha expectativa acabou.

    ResponderExcluir

Diário da Leitura foi criado por Ana Paula Medeiros. Ele fala sobre o que ela mais gosta e tem interesse, livros e tudo sobre o mundo literário.
Você pode nos acompanhar também pelo Facebook,Twitter,Instagram
E caso queira entrar em contato conosco, envie uma mensagem para o email:
Email do Blog Diário da Leitura

Seja bem vindo(a), sinta-se a vontade e volte sempre que quiser! ;)