[Resenha] O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase


Título: O Príncipe dos Canalhas
Título Original: Lord of Scoundrels

Autor: Loretta Chase

Tradutor: Ivar Panazzolo Junior

Editora: Arqueiro

ISBN: 9788580413991

Ano de Edição: 2015

Ano Original de Lançamento: 1995

Número de Páginas: 287

Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja é tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhados pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...

Acostumado a repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.


Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade - muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.


Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.


***



O Príncipe dos Canalhas de Loretta Chase é aclamado por muitos leitores como o perfeito romance histórico.Bem... mas não é perfeito (que livro é?). Mas, é uma história maravilhosa. É a Bela e a Fera com o fator charme multiplicado por dez.O Príncipe dos Canalhas é uma história memorável, engraçado, que consegue retratar um herói complicado e complexo ao mesmo tempo. Em suma, Loretta Chase conseguiu equilibrar humor com pungência. Não é uma tarefa fácil, mas conseguiu surpreendentemente.A história começa com Jessica Trent, que vai para Paris com o intuito de ajudar seu irmão idiota que tem se afundado em dívidas tentando viver o estilo de vida de seu novo ídolo: Sebastian Ballister, o Marquês de Dain. O que uma dama pode fazer face a loucura de um estúpido irmão que ameaça arrastá-la para o fundo do poço com ele? Simplesmente enfrentar a fonte de idiotice de seu irmão, o que culmina com Dain e Jess degladiando-se por uma pintura rara. Jess abre mão da pintura caso Dain chute seu irmão Bertie para fora de seu círculo de amigos. Mas, infelizmente Dain recebe isso como um desafio.Dain e Jess juntos são puro divertimento. Se você quer química, vai encontrar aos baldes aqui.Dain é um bruto, mas a autora fornece um fundo de desculpas a sua impertinência, comportamento muitas vezes infantil. Ao mesmo tempo ele nunca é cruel. Ele é mais um homem confuso, birrento, afastando as pessoas antes que elas se divertir com o seu enorme nariz. Esse é um homem que fez carreira zombando de sua fealdade e ainda aterrorizando os outros com suas atitudes e palavrões.Jess se esforça para se tornar imune ao ataque de virilidade de Dain.Bertie havia lhe dito que Dain era um homem muito grande. Ela esperava que fosse metade de um gorila, não estava preparada para um garanhão, grande, esplendidamente proporcionado e poderosamente musculoso, se o que suas calças justas delineavam era qualquer indicação.Os momentos de interação dos personagens me traz um sorriso aos lábios, vendo como Dain fica mais e mais espantado em sua relação com Jessica. Logicamente não poderia tratá-la como as joaninhas com as quais está acostumado, com toda certeza ela não iria embora quando rosnasse para ela, e quando está por perto não pode pensar com coerência.Sebastian Ballister é um urso adorável, todo casca, mas não morde, e é aí que reside seu charme. Ele também é inteligente o suficiente para não chafurdar na autopiedade sobre sua condição física. Debaixo de sua constituição de gorila, há uma mente afiada, ele é uma mistura irresistível de cérebro e músculos e é mais esperto do que qualquer um em Paris. Que mulher pode resistir?Jessica é menos complicada que Dain. Está livre da bobagem emocional e as vezes corre o risco de se tornar uma resoluta heroína unidimensional, não convencional. No entanto, consegue se manter única. Essa história brilha nos diálogos.A beleza desse livro é que muito tempo depois de encerrar a leitura, eu ainda podia lembrar os pequenos episódios, pequenos momentos, que a mim pareceram tão reais. Dain e Jess parecem reais, como as pessoas que conheço a muito tempo, e as suas loucuras e palavras me fazem rir e suspirar. Este livro foi muito bem escrito, e eu acabo me sentindo como se estivesse ali na história como se fosse um dos personagens dessa rica história. Observando-os brigar, tropeçar e amar o seu caminho para um final feliz.Comédia, emoções sinceras e dois personagens principais grandiosos, além de personagens secundários divertidos (Bertie e Genevieve) todos fizeram de O Príncipe dos Canalhas o que é. Realmente um grande livro.




Loretta Chase  

Loretta Lynda Chekani nasceu em 1949 numa família albanesa. Assim que aprendeu a escrever, passou a pôr no papel as histórias que inventava. Formou-se em inglês pela Clark University, onde trabalhou meio período como professora, ao mesmo tempo que escrevia roteiros. Foi quando conheceu um produtor que a inspirou a publicar suas histórias. Os dois acabaram se casando. Com o sobrenome do marido, Loretta Chase vem publicando romances históricos desde 1987, pelos quais ganhou vários prêmios, inclusive o RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, por O príncipe dos canalhas.

[Resenha] Dark House - Karina Halle

Título: Dark House
Título Original: Dark House
Autor: Karina Halle
Tradutor: Santiago Nazarian

Editora: Editora Única
ISBN: 9788567028392
Ano de Edição: 2014

Ano Original de Lançamento: 2011
Número de Páginas: 349




HÁ MISTÉRIOS QUE NOS PERSEGUEM E, QUANDO MENOS ESPERAMOS, A BUSCA POR RESPOSTAS SE TORNA INEVITÁVEL...


Nem sempre percebemos quantas coisas sobrenaturais podem estar à nossa volta. No caso de Perry Palomino, porém, ela percebe e, mais do que isso, ela de algum modo se conecta com essas manifestações estranhas.

Perry começa a ter pesadelos horripilantes. Um farol. Abandonado há anos. Com mistérios nunca resolvidos sobre o faroleiro, barcos naufragados e uma morte terrível. Esse não é o cenário mais convidativo, mas, por algum motivo, Perry se sente atraída. E é lá que se encontra com Dex Foray, um rapaz estranho e misterioso.

Esse encontro não aconteceu por acaso. Eles precisam um do outro. Esse é o único jeito de desvendar o que realmente assombra o farol da costa do Oregon e, quem sabe, lidar com os fantasmas que cada um guarda dentro de si. Será que eles serão capazes de revelar toda a verdade? 

Prepare-se para conhecer uma protagonista que gosta de negar o próprio passado, um produtor excêntrico, um enigma enlouquecedor e personagens bizarros.


***

Amei esse livro.Li por recomendação de diversas pessoas.Posso dizer honestamente com toda minha experiência em leitura paranormal que eu nunca havia lido um livro baseado em caçadores de fantasmas. Então, isso por si só me animou... Eu amo novidades!!!Esta é a história de Perry e Dex.Perry é uma jovem que honestamente não sei quem ou o que ela é.Deixe-me explicar...Desde criança ela tem visto e ouvido coisas que ninguém mais pode. Mas, como todos sabemos que um adolescente conversar com um amigos imaginário é um tanto estranho.Bem vindo a vida de Perry, um pouco louca. Uma ex drogada. Oh adolescentes e seu uso de drogas.Agora ela é uma jovem recém saída da faculdade e que odeia seu trabalho e ainda está vendo o inexplicável.Uma noite enquanto visita seu tio, ela quer inspecionar o farol.Equipada com sua câmera, ela vai noite a dentro. Não esperava que alguém estivesse no farol (claro as pessoas simplesmente ignoram o significado de propriedade particular), ela se assusta com Dex.Dex, o estranho e misterioso Dex, com seus trinta e alguns anos que quer encontrar seu lugar ao sol e fazer nome.Perry se sente atraída por Dex. A princípio creio que Dex não sinta o mesmo por Perry, já que ele fica a todo momento falando da namorada gostosona. Enquanto a história avança pode-se perceber que eles tem um conexão fora do normal.Gostei muito, embora não possa taxá-lo de aterrorizante, na verdade há um intenso suspense que eu adorei.Recomendo.Bom trabalho Karina Halle!!!






Karina Halle é roteirista e jornalista. Publica seus textos, suas entrevistas e suas fotografias em veículos como Consequence of sound, Mxdwn e GoNomade Travel Guides. Embora seus livros mostrem seu amor por todas as coisas escuras, sensuais e ousadas, ela tem um coração absurdamente romântico. Atualmente, ela vive em uma ilha na costa britânica da Colômbia, onde está se preparando para o apocalipse zumbi com o noivo e seu cachorro.







Lançamentos - Editora Novo Conceito

TODOS OS NOSSOS ONTENS


CRISTIN TERRIL

O que o governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo?
Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse?
Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem?
Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade.
Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas.
O que causou isso? 
Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo.
O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar.
Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você;
O tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo...


O BANGALÔ


SARAH JIO

Verão de 1942. 
Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos.
No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Gerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amida, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora.
Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso. 
O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas... Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história.
A ilha, de alguma forma, transforma a vida das pessoas, e este livro certamente transformará você.

A DESCONHECIDA


PETER SWANSON

Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece cheio de mentiras.
Em uma noite de sexta-feira, a rotina confortável e previsível de George Foss é quebrada quando, em um bar, uma vela mulher senta-se ao seu lado. A mesma mulher que desaparecera sem deixar vestígios vinte anos atrás. Agora, depois de tanto tempo, ela diz precisar de ajuda e George parece ser o único capaz de salvá-la. Será que ele a conhece o suficiente para poder ajudá-la?


ESPERANDO POR DOGGO


MARK B. MILLS

Dan achava que tinha uma vida feliz com Clara, mas, de uma hora para outra, ela desaparece inesperadamente de sua vida, deixando para trás apenas uma carta de despedida e um canhorro. A pequena criatura é incomum e sequer tem um nome definitivo, ele é simplesmente chamado de Doggo.
Agora, Dan tem a missão de devolver Doggo, e, ao mesmo tempo, encontrar um novo emprego. A primeira missão parece ser fácil, a segunda, nem tanto.
Com o passar dos dias, Dan começa a desfrutar da companhia de Doggo e não tem coragem de abandoná-lo.
De forma singela, mas significativa, a presença do pequeno cão ajuda àqueles que estão ao seu redor. Doggo acaba tornando-se muito mais que um amigo de quatro patas, transforma-se em uma verdadeira fonte de inspiração para o trabalho e para a vida de Dan.
Esperando Doggo não é só um livro sobre um cachorro. É um livro sobre o poder de uma verdadeira e sincera amizade.


ENCONTRANDO-ME


CORA CARMACK

Qual era o meu problema? Hunt era só um cara qualquer. Homens nunca foram um desafio para mim... ou pelo menos não eram fazia muito tempo. Mas aquele homem... Ele me deixava confusa sem nem mesmo tentar.


A maioria das pessoas adoraria passar meses viajando pela Europa após concluir a faculdade sem responsabilidades, sem pais e sem limites no cartão de crédito. Kelsey Summers não é exceção. 

Ela está no melhor momento de sua vida, pelo menos é o que continua a dizer a si mesma. Tentar descobrir quem realmente você é pode ser um negócio complicado, especialmente quando se está com medo de não gostar do que vai descobrir. Bebidas e festas não são sufi cientes para afastar a solidão de Kelsey, mas talvez Hunt possa ajudá-la.

Depois de alguns encontros casuais, eles embarcam em uma aventura pelo continente. A cada nova cidade, uma experiência. A mente de Kelsey torna-se um pouco mais clara e cada vez mais seu coração deixa de pertencer somente a ela. Hunt a ajuda desvendar seus próprios sonhos e desejos. No entanto, quanto mais ela aprende sobre si mesma, mais percebe o quão pouco sabe sobre Hunt.


COMO SE APAIXONAR


CECELIA AHERN

“Momentos são preciosos; às vezes eles se demoram e, em outras ocasiões, são passageiros, mas, ainda assim, muito pode ser feito durante eles; você pode mudar de ideia, pode salvar uma vida e pode até se apaixonar.”


Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor.

Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo. 
Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?

A MENINA DA NEVE


EOWYN IVEY

Alasca, 1920: Um lugar especialmente difícil para os recém-chegados Jack e Mabel. Sem filhos, eles estão se afastando um do outro cada vez mais ele, no duro trabalho da fazenda, ela, se perdendo na solidão e no desespero. Em um dos raros momentos juntos durante a primeira nevasca da temporada, eles fazem uma criança de neve. Na manhã seguinte, ela simplesmente desaparece.


Jack e Mabel avistam uma menina loira correndo por entre as árvores, mas a criança não é comum. Ela caça com uma raposa-vermelha ao lado e, de alguma forma, consegue sobreviver sozinha no rigoroso inverno do Alasca.

Enquanto o casal se esforça para entendê-la uma criança que poderia ter saído das páginas de um conto de fadas , eles começam a amá-la como se ela fosse filha deles. No entanto, nesse lugar bonito e sombrio, as coisas raramente são como aparentam ser, e o que aprendem sobre

essa misteriosa menina vai transformar a vida de todos eles.

Estou de Volta!!!



Agora é definitivo, estou de volta!!!
Depois de um longo tempo que tirei para resolver assuntos pessoais e colocar em ordem minha vida, resolvi voltar com força total. Embora eu tenha perdido minhas parcerias, vou arregaçar as mangas e trabalhar muito para dar continuidade ao que enche meu coração de alegria. Muitas pessoas tem seu porto seguro, e o meu é a leitura, que é meu ponto de partida e meu ponto de retorno. A vida não é vida sem inspiração, sem imaginação, sem ilusão. Espero poder contar com a ajuda de meus amigos leitores para dar continuidade ao blog. Estava com muitas saudades!!!